PSICOLOGIA

PSICOLOGIA
PSICOLOGA LUCIANA VOOS CRP 06/75105

Pesquisar este blog

sábado, 8 de janeiro de 2011

O que fazer para o amor durar...


Estava pensando nessa semana sobre relacionamentos, casamentos... Vemos relacionamentos se desfazendo e as vezes não entendemos bem o que aconteceu... sabe aqueles casais que a gente acha que nasceram um para o outro e de repente um vai embora... Claro que não podemos teorizar para todos da mesma forma senão desconsideramos a historia pessoal e a história do casal mas pensando de uma forma geral, imagino que nos falta muitas vezes escolher um caminho e seguir apenas por ele. Há muita oferta nesse mundo, dificil abrir mão de algumas coisas... Mas o amor não é algo que se faz sozinho, amo e pronto. Vejo o amor como um sentimento, mas acima de tudo como algo que exige ações; tem que ter alimento, tem que ser alimentado para existir, para crescer. Quando estamos num relacionamento, se é realmente isto o que queremos,o que escolhemos para nossa vida e se caso a nossa alma está nesta escolha, temos que andar em direção ao outro e não longe dele. Quando não temos mais vontade de estar com a pessoa que escolhemos, quando não admiramos o que ela faz, os seus amigos, seu trabalho, quando não temos mais interesse em ouvi-la, na verdade ja estamos mudando nosso caminho e provavelmente ja estavamos mudando nossos caminhos muito antes disso acontecer.Não estou dizendo que isso é uma regra mas eu acredito que é mais comum do que se imagina. Não sei se posso acreditar que é comum, um belo dia, alguem simplesmente deixar de amar seu companheiro e ir embora, seguir seu caminho sozinho ou com uma nova pessoa. Se olharmos mais de perto, pode ter certeza que muito antes, essa pessoa ja estava traçando caminhos que a levavam a investir mais fora do relacionamento do que dentro. Não estou dizendo que devemos ficar bitolados um no outro, acho que devemos ter amigos, profissão, atividades que mantenham nossa individualidade. Mas hoje em dia é muito comum termos mais tempo para a individualidade do que para o relacionamento. Muitas vezes há a escolha de fazemos o que é melhor para o outro e no final recebermos em dobro pois, sob o meu ver, quem ama so é feliz se o outro for feliz. Não ha outra escolha, não ha outro caminho. E quem segue outro caminho, as vezes por insatisfações pessoais, por desentendimentos, por luxuria, por uma busca de emoções novas, com certeza esta deixando o amor morrer. Claro que temos medo de amar de todo o nosso coração e amanhã nos decepcionarmos ou sermos abandonados, sei que isso também é comum. Sei que amar assim, com total entrega não é fácil mas ainda prefiro entrar de cabeça, viver intensamente mesmo que depois não aguente a dor do abandono do que ficar em vários lugares ao mesmo tempo e não aprofundar em nada. Portanto, para o amor durar, crescer, acredito que não ha segredo: ande na direção dele, inviste, alimenta-o! Se for correspondido, ótimo... se não for, pelo menos voce não abandonou os desejos de sua alma e não correu o risco de perder-se de si mesmo. Pior que mentir para o outro é mentir pra si mesmo. Um jargão que na prática encontramos sempre, em toda esquina.

"É fácil amar os que estão longe. Mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado." Madre Teresa de Calcutá

"Não ser amado é falta de sorte, mas não amar é a própria infelicidade." Albert Camus

"Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor." William Shakespeare

"Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção." Antoine de Saint-Exupéry

2 comentários:

  1. OI AMORE LINDO SEU BLOG! VOU ACESSAR SEMPRE! ACESSA O MEU: http://diversidade-adversa.blogspot.com

    BJUS

    ResponderExcluir
  2. Obrigada.... to de olho no seu hein!!! bjus

    ResponderExcluir