PSICOLOGIA

PSICOLOGIA
PSICOLOGA LUCIANA VOOS CRP 06/75105

Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de maio de 2011

O mito do Narciso




Voce já ouviu falar sobre o Narcisismo ou sobre o Mito de Narciso? Narciso vem da mitologia greco-romana e representa o Auto Admirador. De forma resumida podemos dizer que ele era um herói famoso por sua beleza e que um dia ele ve sua imagem refletida num lago e se apaixona por ela. Isso acaba sendo sua perdição pois não consegue mais parar de se olhar nesse lago. Se voce procurar por literatura achará algumas versões sobre Narciso.

Bom, mas aqui quero falar do narcisista, aquela pessoa que constela esse mito. Esse termo tambem é usado de diversas maneiras então pensamos em traços narcisistas. Alguns critérios identificam uma pessoa narcisista:

- Um sentido grandioso de importancia pessoal;
- Uma crença de que se é especial e somente pode ser compreendido por outras pessoas especiais e superiores
- Uma necessidade de admiração excessiva
- Um sentido de merecimento, ou seja, acreditam que merecem atenção maxima.
- Comportamento interpessoal explorador
- Falta de empatia
- Inveja frequente de outras pessoas
- Atitudes ou comportamentos arrogantes e orgulhosos.

Não trata-se de amor próprio de uma maneira saudável mas um "amor" que exclui os outros como se os outros fossem objetos. Os narcisistas se apaixonaram por si mesmo de uma forma exagerada e so se sentem vivos quando estão num palco. Normalmente as pessoas se incomodam com a pessoa com essas características pois eles tem dificuldades de se relacionar, especialmente de manter relacionamentos profundos.

Percebemos portanto que os mitos que foram descritos a tantos tempo atrás, na verdade falam de realidades psicológicas, de mundos subjetivos que se criam na tentativa de cada um sobreviver. Não é possível aprofundar no tema aqui mas para quem se interesse, busque mais informações.

Bjus, Bjus

Referencia: Psicoterapia de Grupo - Irvin Yalom.
Imagem: da net
http://www.artinvest2000.com/caravaggio_narcissus.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário