PSICOLOGIA

PSICOLOGIA
PSICOLOGA LUCIANA VOOS CRP 06/75105

Pesquisar este blog

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Minha senil juventude




Eu queria ser uma eterna menina
ter a eterna juventude
Ser brincalhona, inspiradora, imprevisivel
Experimental, otimista, idealista
Cheia de ilusoes...
queria me divertir o tempo todo
Queria ser infinitamente criativa.
Mas acabei ficando sozinha
Me tornei irresponsavel, mercurial,
Sonhadora demais, infantil e mimada
Nao conseguia me comprometer com
Nada nem com ninguem
os meus sonhos nao saiam do papel
Entao mudei, tornei me responsavel,
Esquematizei os sonhos, agi dentro das leis
Segui as regras de maneira certa
Me mantive controlada, disciplinada
Comecei a concretizar as ideias
Mas acabei ficando sozinha...
Me tornei rigida, defensiva,
Meticulosa, previsivel,
Entao percebi o quanto
Perdemos nosso lado crianca
Quando nos tornamos adultos
Serios e regrados demais
E outras vezes, por medo
Das responsabilidades
podemos nos tornar infantis
E inconsequentes
O ideal e aprendermos a ser
Adultos responsaveis e comprometidos
Sem perder a alegria e espontaneidade
De uma eterna crianca.

baseado no livro viver a vida nao vivida de Robert Johnson que fala sobre os arquetipos do senex e do puer
imagem da net

Um comentário:

  1. ESTÁ SE TRANSFORMQANDO NUMA POETIZA?
    LEGAL, GOSTEI!

    patrik-vidamasquevida.bolgspot.com

    ResponderExcluir